Boa noite, senhores Chefes de Estado e de Governo dos BRICS,

Senhor Vladimir Putin, Presidente da Federação da Rússia,

Senhor Narendra Modi, Primeiro-Ministro da República da Índia,

Senhor Xi Jinping, Presidente da República Popular da China,

Senhor Cyril Ramaphosa, Presidente da República da África do Sul,

Embaixador Ernesto Araújo,

Senhor Robson Andrade, presidente da CNI.

Senhoras e senhores membros de delegações,

É com grande satisfação e alegria que recebemos, para o Fórum Empresarial do BRICS, Chefes de Estado tão distintos. Este fórum é a oportunidade para que nós possamos ter o contato direto junto a lideranças do setor produtivo em prol de uma aproximação econômica cada vez maior entre os nossos países. Vejo aqui um grande número de empresários interessados em diferentes segmentos e em ampliar os investimentos intra BRICS. Nossas trocas com os parceiros do BRICS passaram dos US$ 110 bilhões em 2018.

O Governo tem feito o dever de casa para tornar o Brasil cada vez mais atraente para os negócios. As agendas de reformas, que estavam há décadas [esperando] por uma solução, o nosso governo vem tornando uma realidade. Dizer aos senhores que o Brasil mudou, o Brasil começou a abrir o seu mercado para o mundo, com medidas concretas. Cada vez mais nós recuperamos a confiança do mundo. Temos aqui grandes líderes interessados no Brasil e nós também interessados no comércio com os países desses grandes líderes. O Brasil ainda tem um caminho a percorrer, novas reformas se apresentam para nós, para que nós possamos ter a certeza de que o ambiente de negócios no Brasil se torne cada vez mais atrativo. O Brasil é um dos poucos países do mundo que tem um amplo mercado das mais variadas oportunidades para oferecer a todos, medidas de aproximação, sinalizações de que queremos cada vez mais fazer negócio com o BRICS são uma realidade a partir do momento que temos aberto as isenções de visto para quem venha fazer turismo e negócio no Brasil. É de conhecimento do mundo todo o nosso potencial que vem do campo, bem como as nossas riquezas e minerais, grande potencial turístico e um povo que se mostra cada vez mais interessado em produzir e em cooperar ao Brasil.

Os empresários que estão aqui presentes alimentam uma esperança ao novo governo, que nós queremos sim ampliar, facilitar, cada vez mais o ambiente de negócio. As oportunidades são muitas.

O Brasil nunca esteve num patamar como o nosso momento. A nossa recente viagem para o Japão, para a China, aos Emirados Árabes, Catar e Arábia Saudita, bem demostraram que o Brasil, realmente está no caminho certo.

Dou as boas-vindas aos chefes de Estado que por muitas vezes nós somos sim, um cartão de visita de um para outro, demonstrando que, estamos de braços abertos para cada vez mais proporcionar um ambiente de comércio mais profundo e mais diversificado. Quem na verdade, “na ponta da linha” vai fazer essa integração e esse negócio são os senhores, empresários do BRICS.

Assim sendo, nessa oportunidade eu quero, apenas, cumprimenta-los por estarem aqui por acreditarem no seu país, por acreditarem no futuro do BRICS para o bem dos nossos povos.

Muito obrigado a todos.